noticias
19/08/2011 - Treinamento de Trabalhadores – Tema relevante.

         (A importância do Técnico em Segurança do Trabalho)

  Treinar: Tornar apto, destro, capaz, para determinada tarefa, ou atividade, habilitar.

  Treinamento: ato ou efeito de treinar.  

 

            A NR 18 determina em seu item 18.28 os treinamentos que os trabalhadores da indústria da construção devem receber e que são:

- treinamento admissional – com carga horária de seis horas e ministrado antes do trabalhador iniciar suas atividades em estabelecimentos da empresa.

- treinamento periódico – deve ser ministrado sempre que se tornar necessário e ao início de cada fase da obra.

         Cabe perguntar ao leitor: quantas empresas que atuam no segmento da construção civil ministram o treinamento admissional a todos seus empregados nos moldes preconizados pela NR 18?

         Creio que a resposta será poucas, muito poucas, no universo de empresas existentes.

         Outro ponto a abordar é o que trata de “trabalhador qualificado”, citado trinta e quatro vezes na NR 18, denominação que indica o trabalhador que comprove sua capacitação mediante treinamento na empresa ou curso ministrado por instituições privadas ou públicas, desde que conduzido por profissional habilitado (item 18.37.5 da NR 18).

         No treinamento admissional  a NR 18 determina a carga horária e os temas a serem ali abordados.

         Já no treinamento para qualificar o trabalhador estes dois itens não são definidos, criando uma lacuna que pode ser preenchida com os comentários a seguir.

         Em primeiro lugar, de forma simples e expedita, os trabalhadores que devem ser qualificados são os citados na NR 18, mas que podemos resumir sem citar todos, os que trabalham com equipamentos pesados (ex: guincho) e leves (ex: furadeira), em altura, em escavações, com produtos químicos agressivos, etc.

         No treinamento devemos diferenciar o que trata da operação, ou seja, dos conhecimentos para operar um equipamento ou para tecnicamente desenvolver uma atividade profissional e o que trata das condições de segurança e saúde no trabalho.

         Vamos nos ater no segundo, considerando que o trabalhador está apto para desenvolver tecnicamente os trabalhos a realizar, ministrando a ele os ensinamentos que busquem condições ideais de segurança e saúde no trabalho.

         Surge então a dúvida sobre qual a carga horária que deve ser considerada em cada treinamento.

         Esta é uma situação que deverá ser considerada caso a caso, mas podemos prever, inicialmente, uma carga horária que variará de duas a quatro horas, lembrando que o trabalhador deve possuir o treinamento admissional já citado acima.

         Por que até quatro horas?

         É usado apenas um turno, não havendo interrupção para o almoço e evitando o cansaço natural em cargas horárias elevadas.

         No treinamento para qualificação deverá haver parte teórica, em sala de aula, e prática, no canteiro de obra.

         Os temas teóricos devem ser específicos para as tarefas que o trabalhador irá executar.

         A parte prática constará do desenvolvimento da atividade junto com o profissional que ministra o curso com a aplicação dos ensinamentos teóricos.

         Ao final é apresentado, como sugestão, elenco de temas a abordar nos cursos de qualificação.

         Neste ponto podemos abordar o subtítulo deste artigo, ou seja, qual a importância do Técnico em Segurança do Trabalho e, também, do Engenheiro de Segurança do Trabalho

         A estes profissionais, com ênfase para o primeiro, cabe a tarefa e responsabilidade de ministrar o treinamento, o que obriga os mesmos a possuírem conhecimentos teóricos e práticos dos temas a abordar, aliado à capacidade didática de repassar de forma clara os mesmos.

         Estarão os Técnicos preparados para desempenhar a contendo estas atividades?

         A resposta fica por conta do leitor.

         Fato importante para o sucesso do treinamento é o Técnico que o ministra saber que os alunos devem: entender que é um treinamento, entender o treinamento e querer cumprir o aprendido no treinamento.

         Se uma destas condições não for atendida o treinamento será inócuo. 

         Neste momento é que fica ressaltada a importância do Técnico de Segurança do Trabalho e seus conhecimento quanto ao ato de treinar.

         A pergunta que ainda permanece: quais os temas abordar nos treinamentos de qualificação?

         A título de sugestão e início de discussão apresento a seguir títulos de temas a abordar:

 

         Temas genéricos a todos os cursos:

- Comentários sobre NR 18

- Organização de áreas de trabalho

- Perigo do uso de adereços

- Riscos inerentes à função

- Equipamentos de Proteção Individual

- Equipamentos de Proteção Coletiva

- Proteções especiais: mãos, pés e cabeça

- Proteção contra quedas: objeto/pessoa e pessoa/objeto

- Cuidados com eletricidade

- Noções básicas de procedimentos de emergência

- Práticas seguras de trabalho

 

         Temas para trabalho em altura:

- Cuidados com redes elétricas

- Isolamento do local de trabalho

- Requisitos para montagem, desmontagem e uso de andaimes

- Tipos e uso de escadas portáteis

- EPIs

 

         Temas para operador de serra circular:

- Isolamento do local de trabalho

- Instalação elétrica

- Partes móveis do equipamento

- Dispositivos de Segurança

- Proteção contra incêndio

-EPIs

         Em determinadas situações podem ser incluídos o perigo de fumar durante o trabalho, o uso de drogas, o cansaço físico e mental, etc.

         Outros itens da qualificação poderão ter por base os itens acima.

         Note-se que são sugestões, apenas sugestões, de temas, podendo os mesmos ser ampliados e/ou complementados a critério de especificidades próprias do momento, do local, da empresa, dos equipamentos e locais de trabalho e do método de ensino usado pelo profissional que ministrar o  curso.

         Aos descrentes quanto à necessidade dos treinamentos cabe lembrar ser de responsabilidade do empregador o treinamento, bem como, entre outros preceitos legais, os seguintes:

- É dever da empresa prestar informações pormenorizadas sobre os riscos da operação a executar e do produto a manipular – Lei 8.213/91.

- É crime expor a vida ou a saúde de outrem a perigo direto ou iminente – Art. 132 do Código Penal.

         Para concluir este artigo conclamo a todos os Engenheiros e Técnicos em Segurança do Trabalho que desenvolvam programas de treinamento em suas empresas para não só atender a legislação vigente como realmente serem prevencionistas na proteção do trabalhador e garantidores de que a empresa preserva a vida e a saúde de seus trabalhadores não podendo ser chamada de negligente quanto à relação empregador/empregado.

         Como sempre o aqui apresentado está sujeito a críticas e sugestões e o contraditório será bem recebido.

 

Revista CIPA - Edição 381

Coluna: Construir com Segurança

Articulista: Eng. Sergio Ussan

 

 



Voltar
mais_noticias
26/08/2014 - 8º Dia Nacional da Construção Social [+]
19/08/2013 - 7º Dia Nacional da Construção Social [+]
01/08/2013 - Detalhes importantes do ASO para Trabalho em Altura [+]
19/05/2013 - Consulta Pública de NRs 13 e 16 expiram em 30 dias [+]
18/05/2013 - TST confirma indenização por esquizofrenia desencadeada no trabalho [+]
24/04/2013 - Publicação de Consulta Pública referente a NR 13 - Caldeiras e Vasos de Pressão [+]
01/04/2013 - Treinanento Admissional e Palestra de Integração [+]
26/09/2012 - Rio Grande do Sul terá primeira vara com Processo Eletrônico especializada em Acidente do Trabalho [+]
18/09/2012 - Empregado poderá receber se ficar de sobreaviso e não trabalhar [+]
17/09/2012 - Novo edital traz resultado da contestação de 100 empresas [+]
17/09/2012 - Ministro Dalazen apresenta aos jornalistas resultados da 2ª Semana do TST [+]
14/09/2012 - Brasil é o único país em que desocupação diminui e os gastos com seguro-desemprego aumentam [+]
06/09/2012 - Consulta pública referente a NBR sobre Iluminação em locais de trabalho [+]
30/08/2012 - Proposta de Alteração da NR 15 [+]
29/08/2012 - Empresa deve indenizar por controle de idas ao banheiro [+]
20/08/2012 - 6ª Vara do Trabalho de Caxias do Sul será especializada em acidentes de trabalho [+]
20/08/2012 - 6º Dia Nacional da Construção Social [+]
01/08/2012 - MTE realiza capacitação para auditores fiscais do trabalho [+]
24/07/2012 - Trabalhador rural exposto ao calor do sol ganha adicional de insalubridade [+]
24/07/2012 - TRT15 - Câmara condena empresas a pagar indenização por dano moral coletivo [+]
08/05/2012 - Curso sobre Ruído [+]
02/04/2012 - NR 35 visa garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores envolvidos direta ou indiretamente com esta atividade [+]
27/03/2012 - AGU comprova responsabilidade de empresas em acidente de trabalho e garante ressarcimento de R$ 1 milhão ao INSS [+]
08/03/2012 - Ministro Dalazen pede engajamento dos tribunais no programa de prevenção de acidentes de trabalho. [+]
24/02/2012 - Resolução regulamenta o teletrabalho no âmbito do TST [+]
19/01/2012 - A nova redação do artigo 6º da CLT - teletrabalho, home office ou anywhere office [+]
13/01/2012 - Nova lei estadual dispõe sobre higienização dos uniformes e EPIs pelo empregador gaúcho [+]
04/01/2012 - INSS move 1.833 ações de cobrança de benefício contra empresas [+]
06/12/2011 - Mais chances para deficientes [+]
27/10/2011 - Palestra no SEMAE em São Leopoldo [+]
24/10/2011 - Trabalhadores e patrões apresentam sua visão sobre causas dos acidentes [+]
08/09/2011 - Procuradoria comprova negligência de empresa em acidente de trabalho e assegura ressarcimento de R$ 950 mil ao INSS [+]
24/08/2011 - Audiência sobre terceirização ainda recebe inscrições [+]
23/08/2011 - Aviso prévio: confederações patronais se unem [+]
20/08/2011 - 5º Dia Nacional da Construção Social [+]
05/08/2011 - Empresas têm alto custo para manter funcionários [+]
04/08/2011 - Encargos trabalhistas são os maiores do mundo [+]
03/08/2011 - Desoneração vai sair do papel [+]
22/07/2011 - Projeto estabelece novo cálculo para o adicional de insalubridade [+]
05/07/2011 - STF quer definir teto para valor de aviso prévio [+]
15/06/2011 - PL 4.330/2004 Regulamentação da Terceirização [+]
02/06/2011 - Dono da obra não responde solidariamente com empreiteiro [+]
01/06/2011 - Mantida multa à indústria calçadista por não adotar medidas de segurança a trabalhadores [+]
10/05/2011 - No Conjur: "Seguro contra acidente não impede ação do INSS" [+]
28/04/2011 - AGU ajuiza 163 ações por acidente de trabalho [+]
03/01/2011 - Aumenta número de acidentes de trabalho no trajeto casa-empresa. [+]
13/12/2010 - Profissional do Ano Sinduscon Premium 2010 [+]
16/10/2010 - 15º Encontro Estadual dos Técnicos de Segurança do RS. [+]
23/09/2010 - Reunião com clientes SL [+]
09/09/2010 - Diferença entre terceirização e precarização. [+]
31/08/2010 - Palavrões, gritos e gestos obscenos no trabalho geram dano moral [+]
10/08/2010 - Ações Regressivas [+]